Em visita à ovelha Dolly

Museu Nacional da Escócia conta história do país com coleção de ciência, antiguidades e cultura

Dolly, a ovelha clonada.
Foto Instituto Roslin, Universidade de Edimburgo/Divulgação

Você reconhece a ovelha da foto? Trata-se da ovelha mais famosa do mundo! Ela está no Museu Nacional da Escócia, país onde nasceu. É a Dolly, o primeiro clone de mamífero gerado a partir de uma célula adulta retirada de outra ovelha. O feito foi de cientistas do Instituto Roslin, ligado à Universidade de Edimburgo, na Escócia. Não por acaso, Dolly é uma das maiores atrações do Museu Nacional da Escócia, que fica no centro da capital escocesa.

Memória preservada

Ao lado da famosa ovelha clonada e de outros itens de ciência e tecnologia, o acervo traz objetos de antiguidade, arte, história natural e da cultura de outros países que ajudam a contar a história da Escócia. Eles começaram a ser reunidos no século 18, por membros da Sociedade de Antiquários do país, que queriam conservar a memória arqueológica e científica local.

Na época, o fundador da Sociedade de Antiquários, um conde chamado David Erskine, tinha uma considerável coleção de retratos. Mas foi a partir de 1856 que a ideia de um museu ganhou força, com a inauguração da National Portrait Gallery, famosa galeria de arte de Londres, na Inglaterra. Intelectuais escoceses, como o historiador Thomas Carlyle, começaram a fazer campanha para que uma instituição equivalente fosse criada na Escócia.

Andrea T. Da Poian
Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Gabriela Nogueira
Jornalista
Especial para a Ciência Hoje das Crianças

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Aves que semeiam

Sabia que algumas aves têm a capacidade de semear? Vamos descobrir quem são elas e como fazem brotar novas plantas!

Quando as mãos falam

Quem quer saber mais sobre a Libras, a Língua Brasileira de Sinais?