Saco vazio não para em pé

Bateu a fome? O cérebro pode resolver!


Ilustração Walter Vasconcelos

“Já almoçou? Olha, saco vazio não para em pé!” Já ouviu essa expressão por aí? Avós adoram usá-la! Mas já parou para pensar no seu significado? Ela quer dizer que para conseguirmos realizar as nossas atividades do dia a dia – como brincar, correr, estudar… – o nosso corpo precisa de energia. E a energia vem dos alimentos que comemos. Mas como nosso corpo percebe que precisamos comer para produzir e guardar energia? Em outras palavras, você sabe o que acontece quando temos a sensação de fome? E o momento em que devemos parar de comer?

 


priscila
vinicius_frias

Priscilla Oliveira Silva Bomfim
e Vinicius Frias Carvalho
Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências (NuPEDEN)
Universidade Federal Fluminense

Sou uma pesquisadora apaixonada pelo cérebro e aqui vamos conversar sobre a (neuro) ciência dos ditados populares.
Vinicius Frias é o meu convidado da vez. Ele é pesquisador no Laboratório de Inflamação, no Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.