Quando Crescer, Vou Ser...

Tradutor(a)!

Talvez você nunca tenha ouvido falar dessa profissão, mas, com certeza, ela já te ajudou em vários momentos. O tradutor (ou tradutora) tem uma tarefa importante e que exige muita atenção. Por quê? Porque a tradução é capaz de conectar pessoas que são tão diferentes a ponto de não falarem nem entenderem o idioma uma da outra.

Atleta de salto ornamental!

Você é daqueles que adora dar um mergulho para se refrescar quando está calor? Por acaso a água é o lugar onde você se sente mais à vontade? Então a primeira coisa a fazer é aprender a nadar! Além de tornar seus mergulhos mais seguros, essa habilidade pode fazer de você um atleta profissional. Seja no mar, nos rios, nos lagos ou nas piscinas, o nado é a base para muitos esportes.

Filósofa/o!

Você é daquelas pessoas que gostam de questionar tudo à sua volta? Das matérias na escola ao trabalho dos seus pais? Das leis da natureza ao comportamento das outras pessoas? Se, para você, o “porque sim” nunca é suficiente, então é bom considerar com carinho o caminho do estudo da filosofia!

Oceanógrafo (a)!

Você sabia que o ponto mais profundo do oceano está a cerca de 11 mil metros abaixo do nível do mar? E que essa profundidade consegue ser maior que a montanha mais alta da Terra, o Everest?! Sabia também que mais de dois terços do nosso planeta é coberto pelas águas do oceano? Descobertas incríveis como essas são possíveis graças à oceanografia!

Quando crescer, vou ser… surfista!

Um esporte que te leva para conhecer as praias mais paradisíacas do planeta e te faz rodar o mundo. Pois é, surfistas têm esse privilégio.

Cozinheiro!

Você é do tipo que fica todo animado só de sentir aquele cheirinho de comida vindo da cozinha e não perde tempo na hora de ajudar a preparar os pratos? Então talvez você deva considerar a profissão de cozinheiro/a! Esse é um dos trabalhos mais essenciais que existem, e normalmente a pessoa começa a aprender e tomar gosto sem perceber, na cozinha da própria casa.

Bombeiro!

Sabia que um/a bombeiro/a faz muito mais do que salvar um prédio em chamas? Não que isso seja pouco, mas os filmes não costumam fazer justiça a tudo o que esse/a profissional precisa fazer no dia a dia. Quem nos conta é Carlos Figueiredo, cabo do Corpo de Bombeiros do estado de Alagoas. Ele segue essa carreira há 13 anos!

Policial!

Quem nunca brincou de ser policial e correr atrás de bandidos? Essa é uma brincadeira muito divertida, não é? Mas, na vida real, o trabalho de um/a policial é bastante perigoso.