Aves valentes e briguentas

Nas asas ou nos pés, as esporas são usadas para se defender

O quero-quero tem esporas nas asas, mas não são garras.
Foto Eduardo de Paula Ribeiro Filho/Wikimedia Commons

Você já viu um quero-quero? Esta ave de pernas longas e olhos vermelhos é típica de ambientes abertos da América do Sul. Até em campos de futebol o quero-quero aparece às vezes, e quem conhece a sua fama de brava não brinca com ela não.

Os quero-queros são mesmo briguentos. Eles defendem contra qualquer intruso o seu território e o seu ninho, escavado em um pequeno buraco no chão. Além de fazerem muito barulho alertando toda a vizinhança de que há perigo por perto, os quero-queros partem para cima do invasor, se preciso. E para isso eles têm uma espora em cada asa!

Seriam essas esporas garras nos dedos do quero-quero? A resposta é “não”! Mas, para entendermos isso melhor, vamos comparar as mãos humanas e a de uma ave.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.